Branqueamento dentário, 6 perguntas que já fez sobre ele!

O branqueamento dentário, também designado por branqueamento dos dentes, é um tratamento de carácter puramente estético, sendo uma opção estética segura e eficaz quando realizada sob a supervisão de um médico dentista qualificado.

Este tratamento permite tornar os dentes mais brancos através da aplicação de um gel normalmente composto por peróxido de hidrogénio ou peróxido de carbamida, em concentrações adequadas.

branqueamento-dentes-antes-depois

6 perguntas que já fez sobre o branqueamento, que o vão ajudar a perceber como funciona:

  • 1. Quais os procedimentos a fazer antes de branquear os dentes?

Deverá realizar uma consulta de higiene oral para ser feita uma destartarização (limpeza dentária) para a remoção de toda a placa bacteriana alojada na superfície dentária, tártaro e pigmentação extrínseca.

  • 2. Quais os tipos de branqueamento existentes?

Existem dois tipos de branqueamento.
Aqueles que são feitos em consultório médico através da aplicação direta, pelo Médico Dentista, de um gel na superfície dos dentes, e os que são feitos em casa com aplicação de um gel específico, mas através de umas goteiras.
O ideal é aliar os dois branqueamentos para ter o melhor resultado possível, no entanto pode diferir o ideal de pessoa para pessoa, consoante o caso.
A nossa equipa ajuda-o a tomar a decisão mais acertada para o seu caso em específico.

  • 3. Qual a diferença entre eles?

Ambos são igualmente eficazes, apenas diferente no tempo do procedimento até atingir o resultado esperado.
Enquanto que o branqueamento de consultório tem efeito imediato e o resultado é logo visível após uma consulta de cerca de 1h, o branqueamento caseiro leva cerca de 3 semanas para atingir o resultado pretendido, no entanto tem uma grande vantagem em relação ao que é feito em consultório, pois pode voltar a repetir com mais facilidade e de forma mais económica.
A nossa equipa ajuda-o a tomar a decisão mais acertada para o seu caso.

  • 4. Pode causar sensibilidade dentária?

Quando monitorizado por um Médico Dentista qualificado para o efeito, não existe qualquer sensibilidade dentária permanente associada ao branqueamento dentário.

  • 5. Tenho que ter alguns cuidados com a alimentação durante o procedimento e após o mesmo?

Deverá evitar alguns alimentos, sobretudo aqueles com uma elevada concentração de pigmento, pois podem manchar a superfície dos dentes, como por exemplo a coca-cola, café, chá, vinho tinto, cenoura, beterraba, amoras e morangos.
Outro aspeto fundamental a conter para além da alimentação, é o tabagismo, é um péssimo aliado ao branqueamento dentário. O tabaco é um dos maiores inimigos neste procedimento, se é fumador deve reduzir o consumo sendo que o ideal, pela sua saúde oral e geral, seria mesmo deixar.
De um modo genérico, os nossos hábitos ditarão a duração dos resultados do branqueamento realizado.

  • 6. Qual o preço do branqueamento dentário?

Como abordado no ponto 2, existem dois tipos de branqueamento dentário, sendo que até se pode aliar os dois tipos de forma a atingir o tom de dentes mais branco possível, consoante cada caso.
Assim sendo, o valor do branqueamento dentário difere com a escolha do que for mais indicado.
O aconselhado é agendar avaliação com o seu médico dentista, e após essa avaliação já saberá ao certo qual o mais adequado para o seu caso e qual o valor em concreto.

Ficou com alguma dúvida sobre o branqueamento dentário?

Deixamos aqui 5 dicas para manter os dentes brancos!

Open chat